O Reinado da Lua

O Reinado da Lua: Escultores Populares do Nordeste, já em sua quarta edição (2010), foi escrito por Silvia Rodrigues Coimbra, Flávia Martins e Maria Leticia Duarte, com fotografia de Piii (Maria do Carmo Buarque de Hollanda). Suas duas primeiras edições foram publicadas em 1980 pela Editora Salamandra, do Rio de Janeiro.

Constam do livro depoimentos e registro fotográfico de 109 escultores, de suas obras e das condições em que vivem e trabalham, nos nove Estados do Nordeste – Bahia, Sergipe, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Paraíba, Piauí, Maranhão, Ceará e Alagoas –, visitados pelas pesquisadoras entre 1975 e 1977. A pesquisa foi financiada pela Organisation Catholique Canadienne pour le Developpement et la Paix e pela FINEP.

Em 2009, o Banco do Nordeste do Brasil publicou a terceira edição do livro, seguido da quarta, em 2010, pela Editora Caleidoscópio (Recife), com apoio da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe).

Com mais de trinta anos de sua primeira edição, O Reinado da Lua ainda é uma referência para as pesquisas e publicações atuais.

O livro é dividido em 12 capítulos:

SANTEIROS DO MASSAPÊ reúne agricultores que encontram na modelagem com o barro uma alternativa à lida nos canaviais;

A PRESENÇA DO MESTRE mostra Vitalino e seus discípulos em Caruaru retratando no barro temas do cotidiano;

ANIMANDO A BRINCADEIRA reúne artistas que fazem figuras para Mamulengos e Bumba meu Boi;

ASSOMBRAÇÕES DO SÃO FRANCISCO ilustra a história das carrancas ao largo do grande rio, o Velho Chico;

IMAGENS DE UM REDUTO POPULAR relaciona trabalhos com enaltecimento da arte popular na Bahia;

EM TORNO DE OLEIROS mostra uma comunidade em Maragogipinho, dedicada a produções coletivas em olarias;

EXERCÍCIO DE LIBERDADE destaca a força da criatividade no trabalho de artistas que cumprem penas em prisões;

À SOMBRA DOS CARNAUBAIS situa os escultores do Piauí e o incentivo que recebem para a realização de suas produções;

REFLEXOS DO BELO trata de artistas que têm como referência principal no seu trabalho as imagens clássicas das igrejas;

EM TERRA DE ROMARIA aborda as comunidades de Juazeiro e Canindé, onde o misticismo norteia a vida nestas cidades;

TUDO SE TRANSFORMA reúne produtores de arte/artesanato em múltiplas matérias-primas: pedra, coco, osso entre outras;

ESPAÇO IMAGINAR apresenta escultores de Recife e Olinda que, apesar da proximidade geográfica, mantêm, cada um deles, uma força singular e peculiar em suas criações.

Capítulos

  • Santeiros do Massapê
  • A presença do mestre
  • Animando a brincadeira
  • Assombrações do São Francisco
  • Imagens de um reduto popular
  • Em torno de oleiros
  • Exercício de liberdade
  • À sombra dos carnaubais
  • Reflexos do belo
  • Em terra de romaria
  • Tudo se transforma
  • Espaço imaginar

Autores

 

Fotografia

  • Dalvino Troccoli França

  • Ana Maria B. Reis

  • Cafi

  • Daniel Campos

  • Luisa Mello (4ª ed.)

  • Marcia de Holanda Cavalcanti

  • Totó

Escultores