Zé Antônio Vieira

Cap01-07

Aprontava barro nas olarias dos outros. Botava o barro pra dentro, pisava, molhava, catava, amassava, deixava pronto para ser trabalhado. Assim passei nove anos trabalhando para a mesma pessoa. Até o dia em que o proprietário da olaria, reclamando o serviço, quebrou uma peça que eu tinha feito. Quebrei o resto e saí de lá!

Localização

Pernambuco, Tracunhaém

Endereço

Tracunhaém, Pernambuco

Livros

O Reinado da Lua