Louco Filho (Celestino Gama das Neves Silva)

DSC_0192

Eu agradeço a meu pai de ter toda a inspiração, minha profissão. Eu agradeço a ele. Se não fosse o começo dele, eu não seria um artista hoje, eu seria outra coisa. Aprendi com ele. Acho que todos os artistas aqui dentro têm alguma coisa a ver com os traços do Louco. Ninguém faz igual, mas algum traço tem a ver com o Louco, tem algum sentido dele. Tem o cabelo descamado, tem a Santa Ceia, que é a coisa que ele mais fez. Tudo tem a ver um pouco. Dependendo da madeira, eu faço Santo Antônio, São José, Cristo… Se for uma galha, eu já vou para o lado do Cristo; porque a galha já dá um sentido que é uma imagem dessas, uma imagem sacra.

Localização

Bahia, Cachoeira

Endereço

Rua 13 de Maio, 18 – Centro | Cachoeira | CEP: 44.300-000 | Tel: (75) 3425-1797 / 8215-9577

Livros

Santeiros da Bahia