Braulino Martins Machado

Cap07-168

Tenho duas idades, a certa é sessenta e quatro, a discerta é sessenta e três. Estou tirando duas cadeias. A primeira foi de nove anos, eu saí com cinco anos. Passei nove anos no mundo e depois voltei: dezoito anos. Espero em Deus sair logo e não voltar. Aqui se aprende de tudo, o bom e o ruim. Sabe como é: em terra de sapo a gente aprende a saltar. Antes de vir pra cá eu trabalhava no campo, com gado, cavalhada, foice, machado… Aqui, eu faço muita coisa: talheres, bandejas, figas, caricaturas (máscaras) e escultura parafeminina, isto é: cintos, colares, pulseiras e argolas. Minha dona (sua mulher) chegou aqui no dia seguinte da minha entrada. É modista, mas isolou a máquina e aprendeu comigo a fazer esses tipos parafeminina. Eu tenho oito filhos, um é escultor. Minha família pra mim é importante…

Localização

Bahia, Salvador

Endereço

Salvador, Bahia

Livros

O Reinado da Lua