Angelino Mariano da Silva

Cap11-286

Meu pai fazia carvão, e eu, atrás dele, desde já descobrindo aquelas raízes bonitas, gostando de pegar aqueles cipós, aquelas obras da natureza. Eu faço tudo que posso. Passo o dia dentro do mato. Pra não perder o dia, quando não acho tronco, nenhum cipó bonito, eu trago umas plantas e boto aqui pra vender. Algumas de minhas escultores são obras da natureza que eu termino. Tem vez que eu não tenho nem vontade de cortar. E ainda tem gente que vem perguntar se eu fiz no torno.

Localização

Pernambuco, Recife

Endereço

Recife, Pernambuco

Livros

O Reinado da Lua